Medicina do Trabalho

Do ingresso na empresa à demissão do trabalhador, as empresas são obrigadas a relizar uma série de exames médicos em seus funcionários, para verificar o estado de saúde que apresentam e diagnosticar se têm algum tipo de doença profissional ou não ou qualquer quadro clínico que possa vir a desencadeá-los. Estes exames integram o Programa de Controle Médico de Saúde ocupacional - PCMSO e têm o caráter de previnir e fazer diagnóstico precoce dos agravos à saúde relacionados ao trabalho e de constatar a existência de doenças profissionais ou danos irreversíveis à saúde do trabalhador. Caso neles se venha a diagnosticar doença ocupacional, o trabalhador deverá ser encaminhado ao INSS, com emissão de CAT - Comunicação de Acidente do Trabalho - para ser afastado das atividades, ter seus direitos previdenciários acionados e iniciar o tratamento necessário. Em casos em que sejam identificados fatores que possam desencadear doenças, profissionais ou não, os serviços médicos que realizarem os exames deverão determinar às empresas a adotar medidas cabíveis no controle de riscos no ambiente de trabalho e encaminhar o trabalhador para tratamento.